Personalidades patenses serão homenageadas na Fenamilho 2017

A Festa Nacional do Milho surgiu há 59 anos da necessidade de afirmar o município de Patos de Minas como imponente centro agrícola. Desde então, criou-se um marco social que não apenas movimenta a economia mas também preserva a cultura e identidade da população patense.

Ao longo de tantos anos de tradição, personagens ilustres construíram legados memoráveis e para celebrá-los, nasceu o troféu Ordalina Vieira e as homenagens em comemoração ao Dia Nacional do Milho, realizadas pela Fundação Casa da Cultura do Milho em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais para condecorar figuras importantes da história da Fenamilho.

Segundo a diretora da Fundação, Marialda Coury, o troféu Ordalina Vieira foi criado para retribuir o apoio de todos os voluntários que ajudam na estruturação da Festa. “A dona Ordalina é a pessoa mais importante na história cultural da Fenamilho. Ela foi uma professora que fazia o que fazemos hoje, naquele tempo, com todas as dificuldades. Escolhemos o nome dela para referenciar as pessoas que ajudaram na construção e organização de um projeto de amor à cidade. Aos poucos cada um deixa o seu tijolinho na história”, acrescentou.

Já a homenagem em comemoração ao Dia Nacional do Milho surgiu em 2015, após a assinatura do decreto pela ex-presidente Dilma Rousseff, que nomeou assim a data 24 de maio. No decorrer do Desfile Cívico, realizado anualmente em celebração ao aniversário da Capital do Milho, notáveis personalidades que contribuíram com o sucesso da Festa são agraciadas com um troféu que representa o orgulho e amor por nossa querida Patos de Minas.

Para Marialda as homenagens ressaltam a importância cultural e histórica: “Com essas homenagens estamos preservando a identidade daqueles que já se foram, rememorando os que já foram homenageados e fazendo com que a identidade da Festa seja preservada. Vamos completar 60 anos de evento. Temos isso em nosso sangue, em nossa raiz e é muito bonito”.

Em 2017 serão homenageados na Avenida Getúlio Vargas o historiador Antônio de Oliveira Mello, o radialista José Paschoal Borges, o artista plástico Vicente Nepomuceno e o médico veterinário Mozart Pacheco. Com o troféu Ordalina Vieira, os voluntários Marco Antônio de Oliveira Tredezini, Ana Amélia Corrêa, Maria Inês Martins de Oliveira Queiroz e Lourdes Piedade Fonseca serão agraciados.

As homenagens serão entregues a partir das 9h no dia 24 de maio, durante o Desfile Cívico no palanque da Avenida Getúlio Vargas e durante o evento de Eleição e Coroação da Rainha Nacional do Milho 2017, a partir das 19h, no Paiolão.

Outras Notícias

Artistas renomados animam segundo final de semana de Fenamilho

O segundo fim de semana de Fenamilho 2017 começou a todo vapor com os shows de Simone & Simaria, Wesley Safadão e Lud...

Abertura do Rodeio e show de Marília Mendonça agitam Parque de Exposições

A maior festa de Minas recebeu grande público nessa quinta-feira, 25, que trazia na programação, como principais atra...

Aniversário da cidade tem portões abertos na Fenamilho 2017

Após uma manhã especial de desfiles e um dia cheio de atrações em comemoração ao aniversário da cidade, patenses e vi...

Jads & Jadson e Henrique & Juliano animam público em véspera de feriado

Na véspera do feriado, milhares de pessoas compareceram ao Parque de Exposições para prestigiar duas das duplas mais ...

Programação de domingo diverte público na Fenamilho

Os portões do Parque de Exposições de Patos de Minas estavam abertos para patenses e visitantes nesse domingo, 21. O ...